RinoGas

segunda-feira, fevereiro 14, 2005
5

Enquanto todos os surdos-mudos dizem amém, ao término do discurso do politicamente correto, aceitando como dogma qualquer conjunto de palavras proferidas pela santa igreja da moral e cívica, com todos em uníssono respondendo: Sim, sim, sim, nós te adoramos! Em meio a toda essa gente, cercado por todos esses rinocerontes pacatos e paquidermes cretinos, diante deles e dos primeiros raios da manhã, invadindo a planície savânica, abro um só dos olhos enquanto bocejo, pedindo como prece de despertar à mãe natureza para se demorar mais um pouco, assim me assegurando do direito divino e inalienável que todos os mortais têm, mas principalmente muito meu, de nessa e em todas as manhãs, dormir só por mais cinco minutinhos.